• 23:15 - Rio de Janeiro
  • 02:45 - Salvador

As questões mais importantes que interessam ao povo do Rio de Janeiro são discutidas aos domingos no Jogo do Poder. Ricardo Bruno entrevista políticos, empresários, jornalistas e pessoas que maneira direta ou indireta contribuem para uma melhor qualidade de vida da população. Projetos visando o desenvolvimento das cidades, a melhoria nas áreas da saúde, educação e segurança pública além de uma série de outras necessidades são debatidas de maneira aberta e imparcial.

Agustín Camacho

Arturo Ríos como Agustín Camacho, é um cardiologista muito respeitado, pai dos Camachos, dono da clínica e que tem uma amante jovem e sensual. Mas sua vida é cercada pelo fantasma de Maximo de La Croix, que vive lhe dando palpites, às vezes acertados ou furados. Ele pensa que tem o mundo em suas mãos e que as mulheres são meros objetos. Vai sentir na pele quando ver seu casamento de 35 anos terminar de maneira inexplicável.

Alvaro Camacho

Khotan Fernández como Álvaro Camacho é ginecologista afamado, bem casado e com dois filhos. Apesar de bem sucedido e de ter uma bela esposa, não deixa de dar seus pulinhos e o que é pior; não aceita que sua mulher faça sucesso em sua carreira profissional. Por causa disso, pagará o preço da solidão.

Bruno Bernardi

Nascido na capital paulista, Bruno Bernardi é jornalista, apresentador e apaixonado por música e esportes.
Começou a trabalhar em rádios de São Paulo como repórter esportivo e  logo foi descoberto pela CNT.

Foi repórter do CNT Jornal e atualmente é comentarista do programa No Pique, repórter e colunista do Notícias & Mais, além de apresentar o  Saidêra.

Descobriu no jornalismo uma paixão para a vida inteira e realizou seu  maior sonho, trabalhar um dia na televisão.

Bruno Camacho

Pablo Cruz Guerrero como Bruno Camacho, é um neurologista, homossexual assumido e dono de um albergue. Seu parceiro Pedro é o pilar de sua vida e juntos, encaram todo tipo de preconceito sem por isto, deixarem de ajudar amigos metidos em enrascadas. Bem aceito pelos irmãos e pela mãe, Bruno tem a repulsa do pai, um machista convicto.

Camilinho Reis

Christopher Meloni – Elliot Stabler

Ele é o veterano da Unidade de Vítimas Especiais e já viu de tudo. Sua vida é envolta pelo trabalho que desenvolve e assim, é quase um anjo da guarda de seu pessoal. Elliot Stabler (Christopher Meloni) é um detetive astuto e sempre atento a todos os detalhes. Ao seu lado atua a detetive Olívia Benson (Mariska Hargitay) e a dupla está sempre envolvida no que diz respeito aos momentos de ação da série. Juntos, enfrentam as piores situações para fazer valer a lei.

 

Dann Florek – Capitão Donald Cragen

Criado por Dick Wolf, Lei e Ordem é uma série ágil e emocional que mostra a vida e os crimes da equipe especial de elite do Departamento de Polícia de Nova Iorque. No comando da equipe está o Capitão Donald Cragen (Dann Florek), um cara duro com sua equipe, mas que os apóia nos casos complexos e guia o esquadrão nos desafios que eles encaram todos os dias.

 

Dante Camacho

Raúl Méndez viverá Dante Camacho, psiquiatra quecom muito jogodecintura  consegue salvar um paciente que ia se suicidar e depois do susto, descobre que sua amada,em andanças pela Europao trocou por um sueco. Apesar de equilibrado, Dante sentirá algo muito forte pela encantadora Helena.

Helena

A atriz Itatí Cantoral viverá Helena Román, andróloga que chega da Alemanha e abandona o noivo no altar no dia do seu casamento. O que ela não imagina é que sua vida terá uma virada de 360 graus e quando perceber estará envolvida com os todos os homens da família Camacho.

Jackeline Petkovic

Jackeline Petkovic


3 comentários a “Jogo do Poder Rio de Janeiro”

  1. neusa ramos diz:

    excelente a entrevista da delegada martha rocha que nao se esquivou em nenhum momento de responder ate mesmo algumas delicadas, como o caso da prisao do coronel da pm. Muito boas tb as perguntas elaboradas pelo apresentador do programa. Gostaria de rever outra vez.

  2. Ana diz:

    Delegada Marta Rocha, uma entrevista bem elaborada com respostas precisas, levando nos a entender todo o processo de interação de polícia investigativa, tecnológica, com parceria com a lei, 30 anos de profissionalismo, com dedicação, “Não há território intocável”. Marta Rocha, parabéns, a Bahia precisa de profissional como a senhora.

  3. Fabíola Moreita diz:

    Boa noite, adorei a entrevista deste domingo, dia 29/04/2012…abçs

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *